O Futebol Americano pelas lentes de Jayson Braga
Foto: Foto: Acervo pessoal

O Futebol Americano pelas lentes de Jayson Braga

 

 

A fotografia é a arte de captar emoções em imagens e não há lugar melhor do que o esporte para atingir este objetivo. O futebol americano é um desses esportes, de tirar o fôlego do espectador. Interceptações, recepções extraordinárias, ficam gravadas em nossa memória. Porque não eternizar em uma imagem?

Pois bem, Jayson Braga, tem o poder de registrar essas emoções através de suas lentes. Jayson é um dos fotógrafos pioneiros na cobertura do futebol americano em nosso país. Reconhecido como um dos maiores apoiadores do esporte, o carioca também é detentor de cliques espetaculares. Sua trajetória junto ao esporte no Brasil, começou por meio do canal Sideline Brasil.

“Eu fui um dos pioneiros a divulgar o esporte no Brasil, por meio do Sideline Brasil. Conseguia juntar informações sobre o futebol americano em diversos estados, isso numa época que ainda nem existia Orkut, muito menos outras redes sociais.” Contou.

  JB_Flamengo-e-Rio-Branco-Touchdown-2015_260720150001 

 Foto: Jayson Braga (Fonte: fotospublicas.com.br) - Flamengo x Rio Branco (2015)

Com dificuldade de ter boas imagens dos jogos no Brasil, Jayson, começou a acompanhar o esporte nos campos. Desse modo, investiu em uma câmera e iniciou sua caminhada junto ao futebol americano.

“Como precisava de imagens com boa qualidade dos jogos, comprei uma câmera e fui para o campo. Foi assim que acabou surgindo a minha paixão pela fotografia. E através do futebol americano, rodei o país fotografando as principais partidas e finais da modalidade.”

Com todo esse tempo de cobertura fotográfica, Jayson conta situações curiosas e marcantes em seus quase 12 anos de carreira. Uma de suas histórias mais icônicas, aconteceu no jogo entre o Flamengo Futebol Americano e João Pessoa Espectros no estádio de São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Na entrada da equipe do rubro-negra, um jogador se chocou com o Jayson, que registrava o momento. Além do nariz fissurado, sua lente e câmera também se quebraram, gerando um prejuízo para o fotógrafo de aproximadamente 11 mil reais.

foto   

 O Fotógrafo, Jayson Braga, em uma de suas coberturas esportivas. (Fonte: Acervo Pessoal)

 “Fui literalmente atropelado por um atleta durante a entrada do seu time. O mesmo não me viu, e envolto de toda aquela adrenalina, veio para cima de mim. Foi quando tomei um “tackle” de frente, quebrando parte do meu equipamento que seria usado naquela cobertura.” Contou, Jayson.

Outro caso contado por Jayson, aconteceu na cidade de Cuiabá. Mesmo habituado às altas temperaturas de seu estado natal, Rio de Janeiro, a temperatura da capital mato-grossense lhe causou indisposição.

“Certa vez fui cobrir uma partida em Cuiabá. Na ocasião, o time local, o Arsenal recebeu o Corinthians Steamrollers para uma partida que aconteceu às 14hrs da tarde. Ao chegar no aeroporto, por volta de 01:00h da madrugada, tomei um susto com a temperatura local. Os termômetros marcavam 38 graus, aquela hora da madrugada. Foi assustador, imaginar a temperatura que estaria para trabalhar na hora do jogo.”

 vasc_fla_01092015_136-850x419

 Foto: Jayson Braga (Fonte: sideline.net / fotospublicas.com.br) - Vasco Patriotas x Flamengo (2015)

E com todo este tempo de cobertura, o fotógrafo acompanhou além de muitos fatos, histórias e várias transformações pelo qual o esporte passou em nosso país. Para Jayson, algumas equipes cresceram consideravelmente, mas entende que esse crescimento deveria ser em uma escala maior. Mas quando perguntado sobre o que mais evoluiu nesse tempo, ele não hesitou na resposta.

“Nossa! São muitas. Mas dentre todas, a evolução do jogo dentro de campo, na minha opinião foi a grande transformação desde que comecei a fotografar esse jogo.” Respondeu.